Rodrigo Cintra http://rodrigocintra.blogosfera.uol.com.br Dicas, cuidados, além das principais tendências sobre cabelo no mundo e grandes inspirações para você se apaixonar e apostar já! Tue, 03 Dec 2019 14:41:10 +0000 pt-BR hourly 1 https://wordpress.org/?v=4.7.2 Pode cabelo branco, produção? Pode muito! Veja 5 dicas para aderir de vez http://rodrigocintra.blogosfera.uol.com.br/2019/12/03/pode-cabelo-branco-producao-pode-muito-veja-5-dicas-para-aderir-de-vez/ http://rodrigocintra.blogosfera.uol.com.br/2019/12/03/pode-cabelo-branco-producao-pode-muito-veja-5-dicas-para-aderir-de-vez/#respond Tue, 03 Dec 2019 07:00:54 +0000 http://rodrigocintra.blogosfera.uol.com.br/?p=1624

Alexandra Grant e Keanu Reeves Foto: Getty Images

Vamos falar de cabelo branco por aqui porque o tema sempre é alvo dos holofotes, principalmente, quando famosas deixam à mostra ou assumem o branco de vez. Recentemente, a namorada de Keanu Reeves, Alexandra Grant, foi vítima de comentários maldosos e preconceituosos na internet, após aparecer de cabelos brancos no tapete vermelho do evento da grife Gucci, em Los Angeles.

Apesar de parecer algo novo pela atual repercussão com a artista, é um movimento que vem conquistando cada vez mais adeptas. A apresentadora Renata Vasconcellos está nesse processo, Jamie Lee Curtis é adepta há algum tempo; Meryl Streep, que marcou com sua personagem Miranda em O Diabo Veste Prada; até a top britânica, Kate Moss, “desfilou” com madeixas brancas, mas vive mudando por conta dos seus trabalhos.

Veja também:

Bom, o ponto é que muitas mulheres já apareceram com cabelos grisalhos/brancos e não deixaram de ser uma referência em beleza por conta disso. Quer saber o segredo? Os cuidados. Engana-se quem pensa que basta esperar que eles ocupem toda a cabeça.

Está nos seus planos assumir os branquinhos? Saiba como passar por essa transição sem erro!

  1. Invista em cortes curtos e modernos

Raiz branca e cabelo longo não combinam tão bem. Deixe a raiz crescer uns 5 ou 6 dedos e invista nos cortes curtos e modernos, como o de Jamie Lee Curtis.

  1. Tem cabelo escuro? As luzes podem ajudar na transição

Para cabelos tingidos na tonalidade escura, como preto ou castanho, as luzes mais sutis em um tom abaixo do que a mulher usa ou em um tom próximo ao próprio fundo, ajudam a suavizar o visual, tornando os fios brancos pontos iluminados até a transformação total.

  1. Clareamento gradual

O clareamento gradual é quando você tem o cabelo branco e passa um produto para depositar o pigmento. Tem que saber como aplicar e precisa ser de forma frequente. Outro detalhe é a cor, que pode ficar diferente da cor dos fios naturais. Meu conselho: fazer luzes e reflexos diminuindo a quantidade de fios em cada sessão até que os brancos prevaleçam.

  1. Quando devo usar tonalizante?

Se a mulher tem poucos fios brancos, a sugestão é fazer luzes até dois tons mais claros que a cor natural dos fios em toda a cabeça e aplicar tonalizante louro-médio-acinzentado. A técnica deve ser repetida mais umas duas vezes, com intervalo de até 15 dias. Mas se a mulher já tem mais da metade dos fios brancos, a sugestão é fazer mechas em um tom próximo ao natural. Tonalizante incolor também ajuda a manter os fios brancos bonitos.

Cuidados indispensáveis

O fio branco não tem pigmentação, tende a ser mais ressecado e poroso. Portanto, aposte em hidratações profundas. É importante lembrar que ele também fica amarelado por vários motivos: sol, poluição e química. Nesses casos, para deixar os fios brilhantes e com cor bonita, invista em xampus com pigmento violeta de uma a duas vezes por semana.

]]>
0
A hora é agora: como ter cortes curtinhos de Antonelli e Flávia Alessandra http://rodrigocintra.blogosfera.uol.com.br/2019/11/26/a-hora-e-agora-como-ter-cortes-curtinhos-de-antonelli-e-flavia-alessandra/ http://rodrigocintra.blogosfera.uol.com.br/2019/11/26/a-hora-e-agora-como-ter-cortes-curtinhos-de-antonelli-e-flavia-alessandra/#respond Tue, 26 Nov 2019 07:01:22 +0000 http://rodrigocintra.blogosfera.uol.com.br/?p=1615

Ousado, sensual e feminino. Foi com essas palavras que a atriz Flávia Alessandra definiu o seu novo corte de cabelo, um curtinho na nuca com franja longa, visual de Helena, personagem da próxima novela das 7, Salve-se Quem Puder.

No Brasil e na maioria dos países ocidentais, feminilidade e sensualidade são características associadas, justamente, ao oposto: cabelos com muito volume e longos. Mas o jogo promete virar no verão que vem aí, já que os curtinhos são “A” supertendência da estação mais quente do ano.

Eu, particularmente, acredito que os fios curtos têm tudo a ver com um look sexy e uma autoestima elevada. Giovanna Antonelli é outra atriz que também passou por uma transformação recente e está linda e feliz da vida com as madeixas na altura do queixo.

Se você quiser optar por um curtinho, precisa levar em consideração alguns fatores, como o formato do rosto, o volume do seu cabelo, se há ou não franja, e fazer um estudo com o cabeleireiro para saber como ficará o resultado final.

O profissional que for te atender precisa equilibrar o tipo de rosto e de cabelo com o corte escolhido, já que o curto mostra mais o rosto e realça as extremidades, como por exemplo, um nariz comprido, queixo ou orelhas grandes.

Também vale usar e abusar da criatividade com acessórios grandes, como os maxibrincos, e não ter medo de estilizar os fios, com spray de sal, deixando-os mais bagunçadinhos, e a pomada ou o gel, para um efeito molhado. Existem diversos tipos de cortes curtinhos e, abaixo, listo três deles. Qual você prefere?

Pixie Cut com franjão

O pixie é muito versátil em relação a comprimento, textura e forma, podendo ser adaptado a qualquer tipo de rosto. Esse foi o estilo escolhido por Flávia Alessandra, com os fios batidos na nuca e uma franja longa.

O visual adotado pela atriz é recomendado para mulheres que têm muito cabelo, porque na hora de desfiar, você consegue controlar um pouco o volume. Para ter um bom caimento e um visual moderno e fresh, o corte precisa ser leve e desfiado, deixando os fios desconectados.

Na hora de arrumar, o ideal é ter uma pomada, que vai criar um efeito de arrepiar no cabelo seco, e um gel, para dar o efeito molhado. Para quem quer criar volume, recomendo um spray seco, que levanta e fixa a raiz. A manutenção pode ser feita uma vez por mês, ou a cada um mês e meio. Outra famosa que apostou recentemente no pixie cut foi a atriz Camila Pitanga.

 


Com volume e pontas repicadas

Para sua personagem na série Filhas de Eva, Giovanna Antonelli cortou os cabelos na altura do queixo e optou por usar megahair para dar volume. Caso você queira dar uma encorpada nos fios sem usar o recurso do mega, uma dica é usar uma franja levemente mais longa e desfiada, que pode ser usada na lateral, ou jogada para trás.

A cera também é uma boa aliada para estilizar os cabelos, dando volume no topo da cabeça, próximo à raiz, deixando o corte visualmente mais cheio. A atriz Fernanda Vasconcellos, que adotou o corte curtinho há bastante tempo, também costuma aparecer com os fios mais encorpados.

Ver essa foto no Instagram

 

Êita domingão bão!!!!! 💚 E vcs? Tão como!????? 🍺 ou 😴 rsrsrs 😜

Uma publicação compartilhada por Giovanna Antonelli (@giovannaantonelli) em

French bob

O estilo, aposta da atriz e digital influencer americana Taylor LaShae, é a combinação do cabelo curto com franja, inspirado na sofisticação das francesas. O corte forma uma moldura ao redor do rosto, valorizando o olhar e alongando o pescoço.

O comprimento, geralmente, fica entre os lábios e a ponta do queixo, com as pontas viradas para dentro. Para conseguir um acabamento mais leve, o ideal é desfiar os fios, principalmente nas pontas, usando a navalha. E para que o cabelo não fique armado, é só tirar volume por dentro, na parte de trás.

Ver essa foto no Instagram

 

so the moon says

Uma publicação compartilhada por Taylor LaShae (@taylorlashae) em

]]>
0
Relaxamento capilar: se você quer reduzir volume, estas dicas são para você http://rodrigocintra.blogosfera.uol.com.br/2019/11/19/relaxamento-capilar-se-voce-quer-reduzir-volume-estas-dicas-sao-para-voce/ http://rodrigocintra.blogosfera.uol.com.br/2019/11/19/relaxamento-capilar-se-voce-quer-reduzir-volume-estas-dicas-sao-para-voce/#respond Tue, 19 Nov 2019 07:00:31 +0000 http://rodrigocintra.blogosfera.uol.com.br/?p=1608

O relaxamento capilar é um dos principais procedimentos para quem deseja reduzir o volumão das madeixas ou definir os fios. O tratamento é uma ação química, que age na parte interna do fio, alterando as estruturas capilares. Nem todo mundo pode fazer. Quem tem cabelo virgem, por exemplo, pode se dar bem.  Já em um cabelo com diferentes tipos de química, muita atenção: o risco de quebra, queda e outros problemas como alteração da cor é alto.

Veja também:

Por isso, antes de recorrer ao relaxamento, confira as dicas:

1. Faça o teste de mechas

Quando um tratamento é realizado com química ele pode danificar os fios. Muitos relaxamentos podem agredir os fios tanto quanto as progressivas. Por isso, é importante fazer o teste de mechas e escolher o relaxamento de acordo com a estrutura do seu tipo de cabelo. E só um profissional consegue analisar e indicar. Passar o histórico de procedimentos realizados nos seus cabelos para o profissional é fundamental.

2. Manutenção

O relaxamento pode ser feito a cada três ou quatro meses. Vai depender muito do tipo de relaxamento, do tipo de cabelo e até mesmo dos cuidados pós-química (se lava diariamente, se usa chapinha). Para todos os relaxamentos, a manutenção só deve ser realizada na raiz.

3. Efeito rebote: ressecamento

Saiba que com o relaxamento ele ficará ainda mais ressecado. Ao aderir ao relaxamento, intensifique os cuidados com muita hidratação em casa (toda semana) e a cada 15 dias no salão.

4. Não é indicado para grávidas

O ideal é que grávidas e lactantes sigam as recomendações médicas e não façam o procedimento. Os obstetras não costumam indicar, pois pode haver, por exemplo, uma intoxicação ou alergia, prejudicando a gestação.

5. Não faça relaxamento e coloração no mesmo dia

Se a coloração contiver amônia, não pode fazer o relaxamento com hidróxido.  Também não pode fazer o relaxamento e a coloração no mesmo dia, porque pode acontecer o corte químico e os cabelos caírem. O relaxamento acentua o ressecamento. Por isso, os cuidados devem ser intensificados como hidratação semanal em casa e a cada 15 dias no salão. Vale lembrar que o relaxamento desbota a cor em até três tons.

6. Plano B

A Biolacase é uma proteína extraída de um cogumelo chamado Tramertis Versicolor, que absorvida pelo fio de cabelo, dentro do córtex, não danifica e forma uma nova cadeia. Uma opção saudável ao relaxamento e as progressivas com formol ou derivados, que são proibidos por lei.

A vantagem é que ele não danifica a fibra e nem o couro cabeludo como os relaxamentos e nem impermeabiliza, como o formol e derivados. Por isso, permite que o fio continue recebendo hidratação, reconstrução, coloração etc. É compatível com outras químicas e pode ser realizado mensalmente, não sendo necessário esperar quatro meses entre as aplicações como o relaxamento.

]]>
0
Amor de Mãe: três cabelos que farão sucesso na nova novela das 9 http://rodrigocintra.blogosfera.uol.com.br/2019/11/12/amor-de-mae-tres-cabelos-para-ficar-de-olho-na-nova-novela-das-9/ http://rodrigocintra.blogosfera.uol.com.br/2019/11/12/amor-de-mae-tres-cabelos-para-ficar-de-olho-na-nova-novela-das-9/#respond Tue, 12 Nov 2019 07:00:17 +0000 http://rodrigocintra.blogosfera.uol.com.br/?p=1600 Toda estreia de novela, principalmente as do horário nobre, gera curiosidade no público em saber como será o estilo, a personalidade e a caracterização das personagens. No dia 28, começa Amor de Mãe, trazendo um elenco de peso e muitas inspirações capilares, para todos os gostos, cortes, tamanhos e cores. E os destaques ficam para três atrizes: Nanda Costa, com os cabelos longos e cacheados; Letícia Lima, que era morena e ficou loira; e Érika Januza, que deixou os fios curtíssimos. Quer mudar o visual? Então, saiba os detalhes desses looks e inspire-se já!

Ver essa foto no Instagram

 

ALERTA musa no seu feed!! @erikajanuza #AmorDeMãe 📷 @joaocotta_photos

Uma publicação compartilhada por Globo (@redeglobo) em

Érika Januza (Marina)

Segundo Érika, a personagem, que é uma tenista dedicada, procura praticidade e não tem muito tempo para investir nos cuidados com os cabelos. Por isso, a atriz decidiu abandonar as longas madeixas crespas e adotou um visual boyish, com os fios bem curtinhos e, ao mesmo tempo, muito práticos para o dia a dia, principalmente para uma atleta. Ficou lindo! Mas atenção: uma das dicas para quem quer se inspirar neste look é entender seus traços e perceber o formato do rosto como um todo, já que todas as partes dele ficarão muito em evidência.

Caso queira copiar, primeiro, é preciso decidir como você vai usá-lo no dia a dia, se liso ou encaracolado, para que o cabeleireiro escolha entre um corte em camadas ou repicado desconectado. É importante que esse corte seja feito com os cabelos secos, já que os crespos mudam muito de forma quando estão molhados. Assim você consigue perceber melhor como será o resultado final. A manutenção tem que ser feita com maior periodicidade, assim como um corte masculino, pelo menos uma vez ao mês.

Ver essa foto no Instagram

 

Reconhece? @aleticialima mudou completamente o visual pra viver Estela em #AmorDeMãe! 📷 @joaocotta_photos

Uma publicação compartilhada por Globo (@redeglobo) em

Letícia Lima (Estela)

A atriz viverá uma piloto de avião e, para isso, passou por uma transformação radical: fez a transição dos fios escuros para o loiro e do longo para o curto, na altura do pescoço, deixando-os no estilo bob wavy. Esse corte é ideal para quem deseja valorizar a textura natural dos cabelos, com camadas onduladas e aspecto sutil e cheio de balanço.

Descolado, o bob wavy também tem uma finalização mais bagunçadinha e desalinhada, garantindo o movimento, explorando essas camadas e valorizando o volume. Já as morenas que querem ficar loiras precisam ter cuidado, já que o processo é trabalhoso. O cabelo preto, como é o caso da cor original dos fios da atriz, possui muito pigmento, algo mais difícil de ser retirado.

Em primeiro lugar, é necessário fazer um teste de mecha, para saber se a fibra aguenta a descoloração e se ela ficará uniforme. No procedimento, será usado o pó descolorante e outras substâncias, removendo a pigmentação e abrindo as escamas do fio. Vale lembrar que esse processo é agressivo, por isso, depois de feito, é necessário hidratar os fios com frequência. Para iluminar os cabelos da atriz, foi feita a técnica fr flashes, mantendo o fundo e a raiz bem naturais e sem marcações.

Nanda Costa (Érica)

No visual da atriz, que será uma cabeleireira e maquiadora na nova trama das 9, a palavra de ordem é muito volume! Os cabelos estão bem naturais, com o corte repicado, abaixo dos ombros, trazendo feminilidade e poder para a personagem. Para conquistar um volumão, você pode apostar em alguns produtos, como a pomada em pó, que tem uma textura parecida com a de um talco, salpicando próximo à raiz! Outra dica é usar xampu a seco que, além de minimizar a oleosidade da raiz, também proporciona volume, bem como um spray ou mousse, garantindo um melhor acabamento do penteado.

Para que os cachos não fiquem com aspecto pesado, o indicado é lavar os fios com produtos específicos para esse tipo de cabelo, com água fria, e retirá-los bem, já que os resíduos podem contribuir para esse efeito. E, se for usar leave-in, que seja em pouca quantidade, sempre amassando de baixo para cima. Ainda para deixar os cachos bem definidos, use um ativador e seque com o difusor para uma definição mais bonita.

Leia também:

Sabe a diferença entre luzes e reflexo? Veja 12 termos para aprender já

Mirella Santos diz não usar condicionador e revela o seu segredo com xampu

Yanna Lavigne revela seus truques caseiros para cuidar dos cabelos

Transição capilar: Camila Farias conta como as tranças ajudaram no processo

 

]]>
0
Cinco dicas infalíveis para um bom detox capilar http://rodrigocintra.blogosfera.uol.com.br/2019/11/05/cinco-dicas-infaliveis-para-um-bom-detox-capilar/ http://rodrigocintra.blogosfera.uol.com.br/2019/11/05/cinco-dicas-infaliveis-para-um-bom-detox-capilar/#respond Tue, 05 Nov 2019 07:00:28 +0000 http://rodrigocintra.blogosfera.uol.com.br/?p=1593

Nada melhor do que ter aquela sensação de um couro cabeludo limpo e sem resíduos, além de fios bem cuidados, fortes e brilhantes, né? E, para isso, seja qual for o seu tipo de cabelo, você precisa incluir na rotina de cuidados o tão falado detox capilar! As vantagens são enormes e vão além da limpeza mais profunda e da eliminação das impurezas do dia a dia: ele estimula a oxigenação, o crescimento dos fios e uma melhor circulação no couro cabeludo, além de reduzir a oleosidade e promover uma ação antioxidante. Confira, a seguir, cinco dicas imprescindíveis para retirar todas as impurezas e aproveitar já todos os benefícios do procedimento.

1 – Use xampus com ingredientes naturais, sem sulfato

A maioria dos xampus contem sulfato, substância que funciona como se fosse um detergente, produzindo muita espuma e limpando de forma profunda. O problema é que, em excesso, ele pode danificar o cabelo e alterar o PH da fibra capilar, deixando os fios frágeis, ressecados e com maior probabilidade de quebra. Por isso, o primeiro passo para um detox é usar produtos sem sulfato, que limpam de forma mais suave, mantém os fios hidratados e evitam o ressecamento. A sensação da pouca espuma pode até parecer que seus cabelos não estão sendo limpos direito, mas não se preocupe: dessa forma, você garante sim uma boa limpeza e deixa os fios muito mais saudáveis.

2 – Perca bastante tempo limpando o couro cabeludo

Não tenha medo ou preguiça na hora de esfregar a região durante o banho. Mas atenção: isso não significa colocar muita força no procedimento, mas massagear o couro cabeludo apenas com uma leve pressão, deslizando os dedos de forma circular, sem usar as unhas, fazendo com que os resíduos sejam eliminados mais facilmente. Além do xampu sem sulfato, você pode optar por um com ação esfoliante, que melhora a circulação e estimula o funcionamento correto das glândulas sebáceas.

 3 – Mantenha o condicionador longe do couro cabeludo 

No detox capilar também vale a boa e velha regra de qualquer procedimento: não passe o condicionador na raiz, apenas nas pontas, evitando o excesso de oleosidade na região, que pode levar ao aparecimento de caspa. Além de deixar resíduos no couro cabeludo, o condicionador em excesso faz o aspecto dos fios ficar mais pesado e opaco. Ah, e outra dica muito importante: enxague bastante os cabelos, sem deixar qualquer resto do produto nos cabelos; é mito aquela história de que um restinho de condicionador nos fios ajuda a controlar o volume.

4 – Evite finalizadores no dia do detox

Grande parte dos finalizadores, como ativadores de cachos, reparadores de pontas, mousses, pomadas e óleos sem enxágue são à base de silicone, com resíduos difíceis de serem dissolvidos, e que se instalam no couro cabeludo. Essas partículas acabam obstruindo a drenagem do sebo da raiz para as pontas, causando ressecamento e provocando descamação. Não que o uso esporádico desses produtos seja ruim, mas se o seu objetivo é promover uma desintoxicação capilar, não é recomendado usá-los no dia do seu detox.

5 – Enxague os fios com água mineral

Uma ótima dica é enxaguar os cabelos com água mineral! A água do chuveiro contém cloro e, com o passar do tempo, quando a substância entra em contato com outros ativos, como os da coloração, por exemplo, pode deixar os fios ressecados, fracos e propensos à queda. Como a água mineral tem menos agentes químicos, os cabelos ficam mais soltos e com mais brilho.

Leia também:

Sabe a diferença entre luzes e reflexo? Veja 12 termos para aprender já

Yanna Lavigne revela seus truques caseiros para cuidar dos cabelos

Transição capilar: Camila Farias conta como as tranças ajudaram no processo

]]>
0
Sabe a diferença entre luzes e reflexo? Veja 12 termos para aprender já http://rodrigocintra.blogosfera.uol.com.br/2019/10/29/sabe-a-diferenca-entre-luzes-e-reflexo-veja-12-termos-para-aprender-ja/ http://rodrigocintra.blogosfera.uol.com.br/2019/10/29/sabe-a-diferenca-entre-luzes-e-reflexo-veja-12-termos-para-aprender-ja/#respond Tue, 29 Oct 2019 07:00:39 +0000 http://rodrigocintra.blogosfera.uol.com.br/?p=1585

Você já deve ter percebido que, quando o assunto é cabelo, não falta termo nos salões de beleza para os procedimentos mais comuns. Por exemplo: qual a diferença entre coloração e tonalizante? E na hora de clarear os fios, você sabe se deve optar pelas luzes ou reflexos? Para entender mais sobre cada um deles e descobrir qual a melhor opção na hora de mudar o visual ou cuidar e hidratar os cabelos, confira, abaixo, os seus significados.

COLORAÇÃO x TONALIZANTE

A diferença básica é a forma como o pigmento age no fio. A coloração penetra em toda a estrutura do cabelo, mudando o tom permanentemente. Como contém amônia, a tinta abre as escamas dos fios e o pigmento chega até a sua parte interna, podendo modificar em até dois tons a cor natural; por isso, tem uma duração maior. Sua composição química é mais forte, o que acaba ressecando e deixando os fios mais ásperos. Dependendo da cor e se você tiver cabelos brancos, é necessário retocar a raiz após 30 dias.

Já o tonalizante não contém amônia e, por isso, seu pigmento se fixa por fora dos fios. Ele age, mais ou menos, como se fosse uma maquiagem, não penetrando na parte interna e, por isso, acaba desbotando à medida em que se lava os cabelos, tendo um tempo de duração menor. A vantagem é que o tonalizante deixa as madeixas mais brilhantes, por ser menos abrasivo e agressivo.

Ver essa foto no Instagram

 

Cobre por Rodrigo Cintra. Decapagem: @olenkacosmeticos Coloração: 8.4 ox30 @mupcosmeticos

Uma publicação compartilhada por Rodrigo Cintra (@rodrigocintra) em

DECAPAGEM x DESCOLORAÇÃO

O processo químico dos dois é muito parecido, mas a decapagem é utilizada para tirar os pigmentos escuros de um cabelo com química. Se a mulher tem o cabelo vermelho ou castanho-escuro e quer ficar loira, vai precisar passar por esse processo para limpar a cor, sem manchar os fios. Ele é um pouco mais suave, tirando esse excesso de pigmento. Como os tons escuros são mais difíceis de sair, você vai precisar passar por mais sessões.

Agora, para as mulheres que não tem química nos fios ou tem os cabelos “virgens”, e querem ficar loiras ou fazer reflexo, a descoloração é o ideal, pois ajuda a chegar ao tom de loiro escolhido. Nos dois procedimentos, o cabeleireiro vai usar o pó descolorante; o que muda, é a aplicação e o jeito de fazer. E vale a dica: como as técnicas são bem agressivas, o recomendado é fazer um teste de mecha, para saber se os seus cabelos aguentam uma das duas técnicas. E, se possível, não faça sozinha: vá a um salão de beleza e procure um profissional especializado.

ALISAMENTO x RELAXAMENTO

Os dois procedimentos têm processos químicos bem parecidos, alterando a forma original das hastes dos fios.  Como o próprio nome diz, o alisamento é para quem quer deixar os fios bem lisos e chapados. Atualmente, existem quatro substâncias que podem ser usadas com segurança: o hidróxido de guanidina, que tira o volume dos cabelos já lisos; o tioglicolato de amônia, que alisa de forma moderada, domando os cabelos cacheados e, por ser menos agressivo, pode ser aliado à chapinha no fim; e os hidróxidos de sódio ou cálcio, ativos indicados para cabelos crespos.  O procedimento é agressivo, por isso, se o seu cabelo tiver química, você vai precisar ter o dobro de cuidados para o fio não ficar muito danificado.

O relaxamento é feito com produtos muito mais suaves, e tem como objetivo soltar os cachos e ondas, diminuindo o volume. Para isso, é possível utilizar o tioglicolato de amônia, que, como já dito, vai retirar o volume excessivo e definir as formas.

RECONSTRUÇÃO x NUTRIÇÃO

A reconstrução capilar é feita para fortalecer os fios, repondo suas proteínas e aminoácidos perdidos durante os processos químicos. É muito indicada para quem tem cabelos ressecados e quebrados, e fez procedimentos agressivos como o alisamento ou progressiva. As máscaras reconstrutoras podem ser compostas por queratina, colágeno, arginina ou cisteína.

E a nutrição? É um procedimento hidratante utilizado para repor os lipídios dos fios, mantendo-os saudáveis e alinhados. Ela pode ser feita com óleos vegetais, como o de argan, amêndoas ou macadâmia, máscaras nutritivas que contenham ceramidas, tutano vegetal ou animal ou manteigas, como a de cupuaçu e karité. Tudo isso confere brilho, vitalidade e força aos cabelos, eliminando pontas duplas e evitando o ressecamento, selando os fios. Em outras palavras: suas madeixas vão ficar molinhas e com o toque supermacio!

REPICAR x DESFIAR

Hora de falar sobre cortes de cabelo. Muita gente confunde o acabamento repicado com o desfiado, mas não se engane: repicar é fazer camadas, então, a parte de cima, geralmente, é mais curta do que a base, e você pode perceber a diferença nos comprimentos. Serve para dar mais movimento aos fios e evitar um cabelo pesado, caindo bem para todos os tipos, dos lisos aos cacheados, mudando o visual sem alterar o comprimento.

Desfiar é quando você pega as pontas e desfia, rasga com a tesoura ou navalha, criando mechas irregulares e tirando o volume sem marcar. Portanto, não é o mais indicado para mulheres com cabelos finos e pouco volume.

LUZES x REFLEXOS

Sejam luzes ou reflexos, quem opta por um dos dois procedimentos terá mechas nos cabelos, que nada mais são do que pontos de clareamento dos fios. Se você quer mudar o visual, mas sem radicalizar demais, as luzes são para você, já que elas apenas iluminam os fios, clareando-os de forma bem natural, com pequenas e finíssimas mechas ao longo do comprimento. A cor de base não sofre interferências.

Já os reflexos deixam os fios iluminados de forma mais intensa e marcada, e seu tom pode variar de 4 a 5 tons da cor de base. No processo, pequenas mechas vão recebendo a tintura e são envolvidas em papel laminado, até alcançar a tonalidade escolhida.

Leia também:

Mirella Santos diz não usar condicionador e revela o seu segredo com xampu

Yanna Lavigne revela seus truques caseiros para cuidar dos cabelos

Transição capilar: Camila Farias conta como as tranças ajudaram no processo

]]>
0
Pode frizz, produção? SPFW mostra que naturalidade e textura são nova ordem http://rodrigocintra.blogosfera.uol.com.br/2019/10/22/pode-frizz-producao-spfw-mostra-que-naturalidade-e-textura-sao-nova-ordem/ http://rodrigocintra.blogosfera.uol.com.br/2019/10/22/pode-frizz-producao-spfw-mostra-que-naturalidade-e-textura-sao-nova-ordem/#respond Tue, 22 Oct 2019 06:00:38 +0000 http://rodrigocintra.blogosfera.uol.com.br/?p=1579 Não dá para negar que nas passarelas, vale tudo. Já foi a época em que os looks capilares exibidos nas semanas de moda tinham um efeito único para o show bizz. E a edição 48 do evento fashion mais importante do país, a SPFW –que aconteceu de 13 a 18 de outubro, no Parque Ibirapuera-, transbordou estilo e autenticidade. Os tempos atuais são para quem não tem medo de ousar e a liberdade é o acessório principal.

Não tem certo ou errado, as tendências estão aí para serem copiadas e favorecem todos os estilos. As marcas abusaram da criatividade e mostraram suas apostas para o inverno 2020. Para as antenadas, a diversidade capilar reina absoluta e pode ser reproduzida agora. Em 3, 2, 1, você fica por dentro dos principais insights de quem entende do assunto. Tá na mão!

Desfile de Lilly Sarti com cabelos naturais na SPFW

1. Naturalidade é ordem

As grifes Modem e Lilly Sarti investiram na beleza natural. O que isso significa? Mais de um padrão atravessou o catwalk. Teve cabelo liso, ondulado, crespo, estilo chanel, longo, raspado, variados tipos de franja, fios retos e repartidos ao meio. Isso prova que o que está na moda é aquilo que mais combina com o estilo de cada um. Bota pra jogo aquele look que te deixa feliz na frente do espelho! Uma dica é conversar com o seu cabeleireiro para descobrir qual corte pode ressaltar melhor os seus traços. Naturalidade é respeitar o tipo e textura do fio. Aí, é só eleger um corte bacana e desfilar aquele look para chamar de seu.

Desfile da grife PatBo na SPFW

2. Volume para dar e vender

Foi exatamente isso que as marcas Isaac Silva e Patbo mostraram em seus respectivos espetáculos de moda. O volume segue nas próximas temporadas e promete fazer a cabeça das mais fashionistas. Os finalizadores, como spray e mousse de volume nunca estiveram tão em alta. Para as donas de fios cacheados, o difusor faz toda a diferença na hora de secar. E as mulheres com fios crespos, devem caprichar no uso do pente para eriçar os fios na raiz para dar aquele efeito power.

Modelos desfilam coleção da Bobstore na SPFW

3. Pode frizz, produção? Sim, e dá-lhe textura

Absolutamente sim. E a Bobstore deu um show em acabamento. Inspirado nas bruxas (bem moderninhas), a marca elegeu um penteado pra lá de despojado. O efeito texturizado foi quem ditou todo o estilo. Com o auxílio de grampos, os fios com aparência “frisada” ganharam não só a atenção, como devem aparecer na moda street style já já. Para compor o penteado, parte do cabelo é deixado liso – até a altura da sobrancelha – e o restante recebe o efeito texturizado. Existe no mercado o frisador, uma espécie de prancha com dentes, que reproduz esse efeito. Para quem gosta de mudar o visual, vale experimentar essa sugestão.

Penteado dividido ao meio em desfile da Glória Coelho na SPFW

4. Marcação em todas as direções

A raiz marcada é um dos looks mais elegantes e adotados nos principais eventos e red carpets. E por isso, é claro, não ficaria de fora da maior festa fashion do país. Fabiana Milazzo aderiu à marcação em seu desfile e Gloria Coelho provou que a tendência combina em todos os tipos de risca, seja ela central, lateral ou diagonal. Basta ter um pente fino para fazer a risca e optar por fios naturais ou molhados.

Desfile de João Pimenta na SPFW

5. Glossy é chic

E falando em molhado, os fios com efeito wet também sobrevivem a inúmeras temporadas de moda. Os desfiles de João Pimenta e Lino Villaventura exibiram o visual queridinho das celebrities. Simples e prático, para chegar a esse resultado, é preciso apenas ter em mãos gel ou pomada de efeito glossy e um pente fino para puxar os fios para trás. Aqui, a sofisticação anda de mãos dadas com o clássico, ao aplicar o efeito em penteados convencionais, como o coque e o rabo de cavalo.

Modelo desfila para a grife Apartamento 03

6. Trançado repaginado não pode faltar

Impossível não se encantar pelos fios trançados das modelos da grife Apartamento 03. Nesse caso, as tranças dominaram todo o look. Para isso, o cabelo foi dividido em mechas e ganhou o desenho do início da testa até o final de todo o comprimento. Com certeza, dá um toque muito especial até na produção mais basiquinha.

Leia também:
Sofre com cabelos finos? Veja cinco dicas que vão facilitar sua vida
Quando cortar o cabelo? Veja a frequência ideal para cada tipo de corte
“Bom Sucesso”: inspire-se nos cabelos das personagens da novela das 7

]]>
0
Coque bagunçado: o queridinho de tops como Kendall Jenner e Gigi Hadid http://rodrigocintra.blogosfera.uol.com.br/2019/10/15/coque-baguncado-o-queridinho-de-tops-como-kendall-jenner-e-gigi-hadid/ http://rodrigocintra.blogosfera.uol.com.br/2019/10/15/coque-baguncado-o-queridinho-de-tops-como-kendall-jenner-e-gigi-hadid/#respond Tue, 15 Oct 2019 07:00:10 +0000 http://rodrigocintra.blogosfera.uol.com.br/?p=1570 Presença quase constante em desfiles de moda ou na beleza das famosas, seja para premiações importantes, festas de gala ou no dia a dia, o coque pode surgir em diversas versões. Mas não dá pra negar que aquele formato mais displicente e bagunçadinho, com os fios desarrumados, segue firme e forte como tendência, além de ser muito mais descolado e fácil de fazer. Tudo o que você precisa é de um elástico e alguns grampos, e a ideia aqui é não usar spray, para que os fios não fiquem tão polidos.

Para fazê-lo, é muito simples, e a primeira parte é prender os cabelos em um rabo de cavalo com as mãos e penteá-los para trás, com os dedos abertos, de forma bem irregular. A altura do coque vai depender muito do seu gosto.

No desfile da temporada Inverno 2019 da Chanel, durante a Paris Fashion Week, por exemplo, tops como Gigi Hadid surgiram na passarela com o penteado bem no alto da cabeça. No entanto, para quem tem o rosto alongado, eu recomendo não prender muito para cima, porque projeta uma imagem muito alongada no cabelo.

Depois de decidir a altura, outro ponto importante é não deixar o elástico à mostra, já que isso não dá um efeito tão refinado. Pegue uma mecha do seu rabo de cavalo e enrole em cima do elástico, prendendo com um grampo. Assim, o acabamento do coque vai ficar muito mais bonito.

Você também pode pegar todo o cabelo e fazer um coque mais “clássico”, torcendo e deixando o cabelo bem messy; ou, como uma segunda opção, que eu acho bem mais interessante, fazer várias mechas a partir desse rabo de cavalo, torcer, segurar a pontinha de cada uma delas e dar uma desfiada, prendendo com o grampo, sem muita precisão. Você fica linda e conquista um penteado bacana!

Inspire-se nos coques das tops:

Gigi Hadid desfila para a Fendi em Milão: (Foto: Marco Bertorello/AFP)

Gigi Hadid

Ela costuma desfilar por aí com suas madeixas no melhor estilo garota de praia, com fios loiros, longos, volumosos e, muitas vezes, com coques incríveis. Seu corte tem uma base inicial reta, um repicado na frente e fios desconectados, o que garante um visual leve e torna possível construir aquele coque bem despretensioso, com fios soltos e displicentes, que é a cara dela!

 

Ver essa foto no Instagram

 

luka said hot mess

Uma publicação compartilhada por Kendall (@kendalljenner) em

Kendall Jenner

A bela, que não costuma fazer transformações muito radicais nas madeixas como suas irmãs Kylie Jenner e Kim Kardashian, surpreendeu os fãs no início do ano ao cortar os fios na altura dos ombros, com uma franja desfiada. Isso mostra que, mesmo quem não tem os cabelos tão longos, consegue fazer o coque messy e ficar maravilhosa, né? Kendall adora usar o penteado com o cabelo repartido ao meio, deixando a risca do couro cabeludo bem aparente.

Alessandra Ambrosio

Brasileira radicada nos Estados Unidos, ela é dona de fios superiluminados, alternando o comprimento entre a altura dos ombros ou abaixo dos seios. Alessandra é adepta do coque messy bem baixo para ocasiões especiais, formato que deixa a mulher muito mais glamourosa e elegante.

Karlie Kloss

Com os cabelos na altura do queixo, a americana sabe como usar o coque a seu favor e, assim como as amigas de passarela, investe no penteado em seus vários formatos. Quando opta pelo displicente, costuma deixar alguns fios da franja soltos na parte da frente e um leve volume em cima da cabeça.

Leia mais:

Quer cabelo com personalidade? Veja que tipo de corte mais combina com você

Baby hair: 5 dicas para domar os cabelinhos novos no contorno do rosto

Meu Cabelo Tem História: Nicole Make ensina coque prático para dia e noite

Nicole Make ensina coque prático para dia e noite

]]>
0
Há vários jeitos de hidratar o cabelo; você sabe o que é melhor para o seu? http://rodrigocintra.blogosfera.uol.com.br/2019/10/08/ha-varios-jeitos-de-hidratar-o-cabelo-voce-sabe-o-que-e-melhor-para-o-seu/ http://rodrigocintra.blogosfera.uol.com.br/2019/10/08/ha-varios-jeitos-de-hidratar-o-cabelo-voce-sabe-o-que-e-melhor-para-o-seu/#respond Tue, 08 Oct 2019 07:00:07 +0000 http://rodrigocintra.blogosfera.uol.com.br/?p=1563

Foto: iStock

Tão importante quanto um bom corte e a cor ideal, a hidratação é parte fundamental dos cuidados com os cabelos: é ela quem vai dar aos fios um aspecto saudável, sedoso e brilhante! Cada tipo de cabelo tem uma necessidade diferente, tanto no uso dos produtos hidratantes, quanto na periodicidade do procedimento. Por isso, veja, abaixo, qual é a mais indicada para as suas madeixas!

1. Cabelos oleosos
O grande receio de quem tem esse tipo de cabelo é que a hidratação deixe o visual com um aspecto pesado. Por isso, muitas mulheres acabam abrindo mão do procedimento, o que é um erro, já que hidratar nada mais é do que repor a água dos fios, deixando-os mais maleáveis e macios.

O segredo é investir em uma máscara ou ampola com textura ultraleve e apostar em produtos que deixem os cabelos soltos e com movimento. Como a oleosidade é intensa na área do couro cabeludo, na hora de hidratar, evite a região da raiz, para não contribuir com a produção de sebo e caspa, e invista no comprimento e nas pontas.

Alguns tipos de óleo, ao contrário do que muitos pensam, também podem ser aplicados em cabelos oleosos, como os de coco e melaleuca, que impedem que a água seja perdida na hidratação e ajudam a fechar as escamas da fibra capilar. O mais indicado é fazer a hidratação a cada 15 dias.

2. Cabelos secos
Se os seus fios são mais opacos, tem uma textura áspera e muito frizz, o ideal é começar prestando atenção na lavagem: opte por um xampu sem sal e lave somente de duas a três vezes por semana, com água fria. Na hora da hidratação propriamente dita, escolha produtos que tenham em sua composição a queratina hidrolisada, ceramidas, silicone ou colágeno; eles ajudam a recuperar os nutrientes dos fios.

Faça o procedimento da raiz até as pontas, por inteiro. Depois, repita a aplicação, mecha por mecha. Um ótimo aliado dos cabelos secos são os finalizadores, como o sérum, silicone ou leave-in, que ajudam a blindar os fios, reduzindo o volume e reparando a estrutura interna da fibra capilar.

E atenção: não confunda cabelos ressecados com os do tipo seco; este último é determinado por uma característica hereditária, tendo a produção reduzida de gordura pelas glândulas sebáceas do couro cabeludo.

3. Cabelos mistos
A raiz oleosa e as pontas secas podem dar um certo trabalho na hora de fazer a hidratação, mas o passo inicial é não abrir mão do condicionador, item fundamental para deixar todo o comprimento bem nutrido.

O uso da máscara também é uma ótima pedida, mas ela precisa ser do tipo que não pesa no couro cabeludo, como aquelas sem silicone na fórmula. Dependendo do quanto as pontas estiverem ressecadas, você pode aplicar óleo de coco nelas ou, então, produto com óleos vegetais 100% puros, ricos em vitaminas. Ainda sobre as pontas: no pós-banho, aplique um leave-in, caso sinta a necessidade.

4. Cabelos normais
Podemos dizer que é o tipo de cabelo “ideal”, já que apresenta pouca oleosidade na raiz, a qualidade do fio varia de normal até levemente seco e tem características mais equilibradas do que os outros. No entanto, isso não significa que você pode descuidar deles. O ideal é lavá-los dia sim, dia não, e usar ampolas instantâneas que devolvem o brilho e os deixam maleáveis e sedosos mais rapidamente. Caso opte pela máscara, aplique-a no lugar do condicionador, e escolha apenas as versões hidratantes, já que as nutritivas e reconstrutoras podem pesar demais e deixar os fios com o aspecto engordurado.

5. Cabelos com química
Os fios possuem 80% de queratina, proteína que garante força, elasticidade e resistência às fibras capilares. Quando a mulher faz coloração frequentemente, essa proteína é perdida durante o processo, por isso, é essencial usar produtos hidratantes que contenham queratinas e minerais, ajudando na reconstrução desses fios e devolvendo o brilho e maciez.

Esse tipo de cabelo precisa de nutrição e reconstrução com mais frequência, por isso, o ideal é fazer três hidratações semanais e uma cauterização uma vez por mês. O condicionador também é um grande aliado, já que sela as cutículas e garante que os nutrientes fiquem depositados nos fios por mais tempo. Ah, e vale lembrar que no verão esses cuidados precisam ser redobrados, já que a exposição ao sol, mar e piscina podem deixar os cabelos com química ainda mais ressecados.

6. Cabelos descoloridos
Esse é o tipo de cabelo que mais necessita de hidratação, já que os fios estão 100% desprotegidos: totalmente sem pigmento e com as escamas abertas, propícios a quebra, ressecamento e agressões naturais, vindas da ação do sol e do vento. O pó descolorante e a água oxigenada são as substâncias mais agressivas para os cabelos, já que removem também a queratina, proteína que promove a resistência e força dos fios.

Por isso, a palavra de ordem é uma só: hidratar, hidratar e hidratar! No salão, o ideal é fazer o procedimento a cada 15 dias, com produtos de uso profissional, que vão devolver a saúde dos fios.

Em casa, evite o uso de xampus com sulfato e os antireesíduos, que possuem ph muito alcalino, e use produtos específicos para cabelos descoloridos, que ajudam no processo sem manchar ou modificar a cor, como a queratina líquida. Ela pode ser aliada a uma máscara hidratante e aplicada após a lavagem.

Leia também:

Mirella Santos diz não usar condicionador e revela o seu segredo com xampu

Yanna Lavigne revela seus truques caseiros para cuidar dos cabelos

Transição capilar: Camila Farias conta como as tranças ajudaram no processo

]]>
0
Inspire-se em 6 famosas que usaram o cabelo para ter look jovial http://rodrigocintra.blogosfera.uol.com.br/2019/10/01/inspire-se-em-6-famosas-que-usaram-o-cabelo-para-ter-look-jovial/ http://rodrigocintra.blogosfera.uol.com.br/2019/10/01/inspire-se-em-6-famosas-que-usaram-o-cabelo-para-ter-look-jovial/#respond Tue, 01 Oct 2019 07:00:30 +0000 http://rodrigocintra.blogosfera.uol.com.br/?p=1556 Costumo dizer que, a partir dos 40 anos, a mulher precisa ter um pouco mais de cuidado com relação ao comprimento dos cabelos. Não que seja uma regra, mas os fios mais curtos geralmente escondem as imperfeições nessa fase da vida, por meio das mais variadas formas e volumes, ajudando a dar verticalidade para a mulher. O corte de cabelo certo faz com que a gente direcione ou tire a atenção para certos detalhes do rosto ou pescoço, valorizando os traços e a estatura de cada pessoa.

Apesar disso, eu descarto a teoria de que mulheres mais velhas não podem usar cabelos compridos. Elas podem, desde que tenham alguns cuidados essenciais, como ter sempre os fios bem cortados ou repicados, pois esse é um tipo de corte que deixa o visual mais leve.

Veja também:

Se quiser cobrir os cabelos brancos e estar com a coloração em dia, é preciso mantê-lo hidratado, uma vez que a química faz com que os cabelos tendem a danificá-lo. Ah, e se você gostar de usar franja, pode apostar nela sem medo: tanto a reta quanto a diagonal são ótimas para dar aquele ar jovial.

E, claro, isso vale para todas as mulheres, inclusive as famosas. Veja, abaixo, seis delas que acertam no look e fazem do cabelo um aliado para um visual sempre moderno e jovem.

1. Flávia Alessandra

Aos 45 anos, a atriz já deixou os fios longos para trás há algum tempo – abrindo exceções para algumas personagens – e tem apostado no corte short bob, que é na altura do queixo. Quem tem bastante cabelo pode optar por deixar as pontas mais desfiadas, mesmo que a base seja reta, e quem tem os fios mais ralos ou muito lisos, devem escolher um corte linear. Aposte também em mousses ou leave-ins para deixá-lo com uma textura messy, fazendo com que o visual fique ainda mais moderninho.

View this post on Instagram

 

A post shared by Flávia Alessandra 🅰️+ (@flaviaalessandra) on

2. Eliana

A apresentadora de 45 anos nunca abandonou os fios loiros e lisos mas, nem por isso, deixou o visual ficar careta. Ela é adepta dos fios despojados e repicados com navalha, o que confere mais movimento e versatilidade, e sempre está com o loiro, sua marca registrada, impecável. Falando ainda da cor, Eliana tem mechas finas e espaçadas que descem da raiz até as pontas, o que preserva a cor do fundo e deixa o comprimento mais iluminado. Linda sempre!

View this post on Instagram

 

A post shared by Eliana Michaelichen (@eliana) on

3. Sandra Bullock

Podemos dizer que a atriz de 55 anos não é do tipo que sempre faz cortes ousados ou radicais. Apesar de apostar nos fios mais lisos e retos na maioria das vezes, ela sabe como usar o cabelo a seu favor por meio dos tipos de penteado, como um coque despretensioso, rabos de cavalo, ondas no estilo messy ou puxado para o lado. Quanto à cor, ela costuma abusar de mechas finas e mais claras, que iluminam e dão um efeito “queimado” aos fios.

View this post on Instagram

 

A post shared by Sandra Bullock (@sandrabullock_ig) on

4. Jennifer Aniston

Dona de um dos visuais mais copiados do mundo, principalmente por causa de sua personagem no icônico seriado Friends, a atriz de 50 anos costuma variar apenas o comprimento, que ora está na altura dos ombros, ora um pouco abaixo deles. Repicado e liso naturalmente, é o tipo de look que fica perfeito se usado em qualquer textura. E, nem precisa dizer que a atriz parece ter bem menos idade, né? Ah, e ela, inclusive, já afirmou que não pretende mudar a cor tão cedo. O loiro usado por ela há mais de 25 anos ressalta o seu rosto e os olhos azuis

View this post on Instagram

 

A post shared by jennifer aniston (@jennifer_aniston_the_official) on

5. Fátima Bernardes

Depois de muitos anos usando os fios curtinhos e escuros, na época em que trabalhava no jornalismo, a apresentadora do Programa Encontro, de 57 anos, aposta, há cerca de um ano, em um visual que a deixou bem mais jovem e moderna. Os cabelos estão um pouquinho abaixo dos ombros e também com mechas mais claras, que iluminaram o seu rosto e deram um visual mais solar e contemporâneo. O look, claro, reflete também a nova fase da vida pessoal de Fátima, que namora há quase dois anos o deputado Tulio Gadelha.

View this post on Instagram

 

A post shared by Fátima Bernardes (@fatimabernardes) on

6. Charlize Theron

Ela já teve os fios loiros, loiríssimos, castanhos, curtos, longos, lisos… se tem uma famosa que jamais hesita em mudar o visual, com certeza é a atriz de 44 anos. A bola da vez é um corte bastante moderno e com personalidade: curtinho assimétrico com as laterais raspadas e franja, inspirado na top model Linda Evangelista. A cor, agora, tem o fundo castanho e luzes em tom de bege. De tirar o fôlego!

View this post on Instagram

 

A post shared by Charlize Theron (@charlizeafrica) on

]]>
0