Rodrigo Cintra

Categorias

Histórico

Cabelo oleoso, o que fazer? Siga 9 mandamentos e acabe com a oleosidade

Rodrigo Cintra

13/03/2018 05h00

Ducha quente? Nem pensar! Mesmo no frio, evite para não ressecar os fios nem estimular a produção de óleo (Foto: iStock)

 

Ninguém merece se deparar no meio do dia com um cabelo sem volume, escorrido e com aspecto oleoso — um dos incômodos mais comuns e que derrubam qualquer visual. O sebo do couro cabeludo faz parte de um processo natural e serve como escudo contra a quebra e a poluição. O problema é a sua fabricação excessiva. Isso pode gerar complicações, como dermatites, caspa e queda capilar.

Além de possíveis alterações hormonais, há outros fatores que colaboram para o estímulo das glândulas sebáceas a produzirem maior oleosidade. Portanto, aqui vão os nove mandamentos para se livrar do problema e ter a cabeleira intacta durante todo o dia.

1. Mantenha os fios limpos

A rotina de higiene é importante. Há quem faça poucas lavagens ou aposte na limpeza diária. Os dois modos podem incentivar a oleosidade. O mais indicado é investir em lavagens em dias alternados para conservar um equilíbrio.

2. Diga adeus à ducha quente

Culpada pelo ressecamento dos fios e por estimular a produção de óleo, a água em uma temperatura alta está fora de cogitação. Lave os fios com água fria para que fiquem mais saudáveis e sem frizz.

3. Use os produtos certos

Existe um motivo para o mercado oferecer xampus e condicionadores específicos para cada tipo de fio. Nesse caso, opte por itens com tensoativos que funcionam como um agente desengordurante removendo todo o óleo. Mas atenção! Caso só a raiz seja oleosa, use um produto assim apenas nessa região e outro com fórmula para cabelo misto para comprimento e pontas.

4. Tire todo o produto dos fios

O acúmulo de substâncias no cabelo também colabora para deixá-lo pesado e seboso. Deve-se redobrar a atenção porque os resíduos podem provocar a proliferação de fungos. Isso acontece, principalmente, com quem exagera na aplicação de creme sem enxágue, por exemplo, que acaba obstruindo os poros. Portanto, água em abundância nunca é demais.

5. Manter distância da raiz

Muitas pessoas cometem o erro de passar condicionador na raiz, sendo que o correto é aplicá-lo apenas no comprimento e pontas. O mesmo deve ser feito com os aparelhos quentes, como secador, prancha ou babyliss. O calor também ativa a produção de óleos no couro cabeludo. Então, mantenha sempre uma distância razoável. No uso de secador, ele deve ficar no mínimo 20 cm longe da raiz.

6. Tenha o xampu a seco por perto

Não deve ser usado com frequência, mas é um excelente quebra galho, caso surja um evento de última hora e o cabelo precise de um trato. O xampu a seco tem um efeito como talco, absorvendo bem a oleosidade.

7. Aposte em táticas de emergência

Se você está sem tempo e precisa driblar aqueles fios grudados na testa, uma dica rápida e eficaz é lavar só a franja na torneira com xampu. O restante do cabelo pode ganhar um penteado, como coque ou rabo de cavalo. Outra maneira é simplesmente mudar a risca do cabelo de lugar e tirar o foco da parte oleosa.

8. Invista no método detox

Ao menos uma vez por mês, principalmente para quem apresenta uma raiz muito oleosa, vale ir ao salão para fazer um detox no couro cabeludo. Além de uma limpeza mais profunda na região, o profissional pode realizar uma avaliação mais detalhada para saber se deve aplicar outro tipo de tratamento, como reposição de aminoácidos.

9. Pergunte sempre

Às vezes, há mudança na textura do fio por um problema hormonal, estresse ou qualquer outro fator. Se observar que o cabelo está apresentando um quadro incomum, vale conversar com o seu profissional. E caso, seja algo mais grave ou específico, vale consultar um dermatologista para uma orientação mais adequada.

Sobre o autor

Quando o assunto é cabelo, o expert em transformações Rodrigo Cintra é referência: em 23 anos de carreira, o paulistano, co-apresentador do programa "Esquadrão da Moda", do SBT, coleciona prêmios e títulos como um dos profissionais de beleza mais completos do país. Ele compartilha toda sua expertise em palestras e workshops por todo o Brasil para mais de 15 mil cabeleireiros por ano.

Sobre o blog

Dicas, cuidados, além das principais tendências sobre cabelo no mundo e grandes inspirações para você se apaixonar e apostar já!

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Rodrigo Cintra
Blog do Rodrigo Cintra
Blog do Rodrigo Cintra
Blog do Rodrigo Cintra
Blog do Rodrigo Cintra
Blog do Rodrigo Cintra
Blog do Rodrigo Cintra
Blog do Rodrigo Cintra
Blog do Rodrigo Cintra
Blog do Rodrigo Cintra
Blog do Rodrigo Cintra
Blog do Rodrigo Cintra
Blog do Rodrigo Cintra
Blog do Rodrigo Cintra
Blog do Rodrigo Cintra
Blog do Rodrigo Cintra
Blog do Rodrigo Cintra
Blog do Rodrigo Cintra
Blog do Rodrigo Cintra
Blog do Rodrigo Cintra
Blog do Rodrigo Cintra
Blog do Rodrigo Cintra
Blog do Rodrigo Cintra
Blog do Rodrigo Cintra
Blog do Rodrigo Cintra
Blog do Rodrigo Cintra
Blog do Rodrigo Cintra
Blog do Rodrigo Cintra
Blog do Rodrigo Cintra
Blog do Rodrigo Cintra
Blog do Rodrigo Cintra
Blog do Rodrigo Cintra
Blog do Rodrigo Cintra
Blog do Rodrigo Cintra
Blog do Rodrigo Cintra
Blog do Rodrigo Cintra
Blog do Rodrigo Cintra
Blog do Rodrigo Cintra
Blog do Rodrigo Cintra
Blog do Rodrigo Cintra
Blog do Rodrigo Cintra
Blog do Rodrigo Cintra
Blog do Rodrigo Cintra
Blog do Rodrigo Cintra
Blog do Rodrigo Cintra
Blog do Rodrigo Cintra
Blog do Rodrigo Cintra
Blog do Rodrigo Cintra
Blog do Rodrigo Cintra
Blog do Rodrigo Cintra
Topo